terça-feira, 16 de novembro de 2010

PATRULHA DO ESPAÇO


MEMÓRIA DO ROCK BRAZUCA 70´S


O conjunto foi criado em 1977 por Arnaldo Baptista (ex-Mutantes), juntamente com o baterista Rolando Castello Júnior (que já havia tocado com o Made in Brazil e com o Aeroblues, da Argentina), o baixista Oswaldo "Cokinho" Gennari e o guitrarrista irlandês John Flavin (ex-Secos & Molhados).



Com a saída de Arnaldo Baptista, em 1978, a banda passou a contar com a participação de Percy Weiss nos vocais e realizou a gravação do primeiro disco independente de rock do Brasil, conhecido como Disco Preto, de onde os hits “Arrepiado” e “Vamos curtir uma juntos” marcaram o sucesso das oito faixas lançadas em vinil.

De 1979 a 1985, a Patrulha do Espaço consolidou-se como o primeiro trio de rock pesado realizando centenas de shows, com destaque para a abertura das apresentações do Van Halen em São Paulo em 1983, quando recebeu elogios pessoais de Eddie Van Halen. São desse período as gravações do terceiro, quarto e quinto discos da Patrulha, contendo canções como “Columbia”, “Festa do Rock” e “Não tenha medo”.




A Patrulha do Espaço contou, ainda nesta fase, com a participação do guitarrista argentino Pappo (Riff e Aeroblus), que resultou na gravação do disco Patrulha 85 editado inclusive na Argentina, com as canções “Olho Animal” e “Robot”.

A Patrulha do Espaço retomou os trabalhos em 1992 quando lançou o vinil Primus Inter Pares, uma homenagem póstuma ao baixista Sergio Santana.
Uma retirada de cena foi motivada pela incessante atividade do baterista Rolando Castello Júnior, à frente da produção de eventos culturais e como oficineiro, palestrante e produtor musical.



Na década de 90 também foi lançada a Série “Dossiês” que apresentou a obra da Patrulha do Espaço em formato de CD, contando cronologicamente a história da banda, fartamente ilustrada, apresentada em quatro volumes ou em box com todos os CDs. Ao todo, a Patrulha do Espaço contou em seu percurso com a produção de dezesseis discos autorais.

Retornando definitivamente à estrada, de 1999 a 2008, realizou centenas de shows por todo país e, de volta também aos estúdios, lançou os cds Chronophagia, Dossiê Volume 4, Compacto e Missão na Área 13, contendo 12 músicas inéditas.

A Patrulha do Espaço realiza em 2009 a turnê nacional e internacional que reúne alguns dos principais sucessos da banda e novas composições.
A Patrulha do Espaço tem se apresentado nos principais festivais de rock e de música do Brasil: Virada Cultural em São Paulo, Camping & Rock em Minas Gerais, Psicodália e Rural Rock Fest em Santa Catarina, Goiânia Noise em Goiás, Ferrock no Distrito Federal, além de realizar shows em teatros e casas de rock do país.
Nessa tour de 2009 a Patrulha do Espaço estará se apresentado em sua formação clássica de trio, com Rolando Castello Júnior (bateria), Marcelo Schevano (guitarra e voz) e René Seabra (baixo e vocal). Corre o boato de que a banda estaria gravando uma música nova, Rolando Rock, em homenagem ao baterista e fundador Rolando Castello Júnior.


DISCOGRAFIA

            
1980 - Patrulha do Espaço
1981 - Patrulha do Espaço
1982 - Patrulha do Espaço
1983 - Patrulha do Espaço 4
1985 - Patrulha 85
1988 - Elo Perdido
1989 - Faremos uma Noitada Excelente
1994 - Primus Inter Pares (1992)
1997 - Dossiê Volume 1
1998 - Dossiê Volume 2
1998 - Dossiê Volume 3
2000 - Chronophagia
2002 - Dossiê Volume 4
2003 - .ComPactO (EP)
2004 - Missão na Área 13
2007 - Capturados Ao Vivo no CCSP em 2004

2 comentários:

  1. Caras!
    Que banda boa!
    Aliás, mais que boa: uma verdadeira referência ao Rock Pesado brasileiro para todas as épocas.
    E quem os viu ao vivo sabe muito bem o seu poder de fogo.
    Todas as suas formações foram exemplares e todos os seus álbuns são dignos de nota...
    O que mais dizer??? Mais nada, a não ser que quem não conhece o trabalho do Patrulha do Espaço, não sabe o que está perdendo!!!
    Longa Vida ao Rock Brasil!

    ResponderExcluir
  2. estupenda aportacion-

    ResponderExcluir